Atividades Culturais

Campanha de Popularização Teatro & Dança. Além da capital, Belo Horizonte, o projeto vai circular por Betim, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves e Sete Lagoas

Fonte: Belo Horizonte
Campanha de Popularização Teatro & Dança. Além da capital, Belo Horizonte, o projeto vai circular por Betim, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves e Sete Lagoas

Funarte MG recebe espetáculos da Campanha de Popularização Teatro & Dança

Além da capital, Belo Horizonte, o projeto vai circular por Betim, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves e Sete Lagoas

 

A 45ª edição da Campanha de Popularização Teatro & Dança estreia na Funarte MG, no Centro de Belo Horizonte, no próximo dia 10 de janeiro, com dois espetáculos: Mergulho e Ciclos, às 20h. Em Mergulho, dois irmãos voltam ao passado e reativam memórias que os fizeram romper a relação. A montagem Ciclosreflete sobre questões da condição feminina às voltas com a emancipação e a maternidade após os 40 anos. Os ingressos são a preços populares de R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada).

A Campanha de Popularização Teatro & Dança é realizada de 3 de janeiro a 24 de fevereiro e vai circular por seis cidades de Minas: Betim, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas e a capital, Belo Horizonte.

Programação da 45ª edição da Campanha de Popularização Teatro & Dança, na Funarte MG:

- De 10 a 20 de janeiro, quinta a domingo, às 20h

Espetáculo Mergulho, da Cia. Novo Coletivo de Teatro

Uma piscina semi-olímpica foi construída pelos pais de Márcia e Luiz, com o intuito de colher frutos valorosos de um futuro campeão. Ainda crianças, um acidente nesta piscina significou uma ruptura na relação familiar. No dia de seu aniversário, Márcia se depara com um buraco no meio da sala e Luiz tenta convencê-la a vender a casa. Em meio à situação inusitada, os irmãos fazem um mergulho no passado e na memória que cada um converteu em conflito.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 12 anos
Duração: 1h10

Ficha técnica:
Autora e diretora: Rita Clemente
Elenco: André Senna, Bruno Figueroa e Flávia Pyramo
Cenógrafa e figurinista: Miriam Menezes
Iluminadores: Jésus Lataliza e Rodrigo Marçal
Trilha original: Márcio Monteiro
Foto: Glenio Campregher
Realização: Novo Coletivo de Teatro

________________________________________________________

- De 10 a 20 de janeiro, quinta a domingo, às 20h

Montagem Ciclos, do Grupo Teatro Invertido

Ser mãe aos 44 anos e encarar uma provável dificuldade pelo fato de não ser mais tão jovem para gerar uma criança são os pontos centrais do espetáculo. Como ser mulher, livre e mãe na contemporaneidade? O tempo é carrasco ou é aliado nesse processo? O solo reflete sobre questões da condição feminina às voltas com sua emancipação, liberdade de escolha (ou a falta dela) em relação à maternidade após os 40 anos.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 14 anos

Ficha técnica:
Autoras: Juliana Pautilla e Rita Maia
Diretora: Juliana Pautilla
Elenco: Rita Maia
Cenógrafa e figurinista: Camila Morena
Iluminadora: Marina Artuzzi
Técnico: Denner Moisés
Trilha original: Daniel Nunes
Foto: Mirela Persichini
Realização: Grupo Teatro Invertido

_________________________________________________

De 17 a 27 de janeiro, quinta a domingo, às 20h

Espetáculo O Sortilégio da Mariposa, da Cia Trupe de Teatro e Pesquisa

A montagem comemora os 25 anos da Cia. Trupe de Teatro e Pesquisa. Primeira obra dramatúrgica de Garcia Lorca, repleta de metáforas e sonoridades sobre um dos temas mais abordados pela literatura universal: o amor. Um argumento atemporal que conta de forma poética e envolvente a história de um amor impossível no mundo dos insetos. A proposta apresentada pelo grupo explora as convergências entre o teatro e a dança contemporânea.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: livre
Duração: 1h

Ficha técnica:
Autor: Federico García Lorca
Diretor, cenógrafo, iluminador e produtor: Yuri Simon
Elenco: Alexandre Toledo, Alice Corrêa, Diego Krisp, Iolene de Stéfano, Marcus Labatti, Pauline Braga, Pedro Vieira e Simone Caldas
Figurinista: Pauline Braga
Trilha adaptada: Leonardo Mendonza
Preparação corporal: Anderson Vieira
Colaboração: Fábio Dornas
Realização: Trupe de Teatro e Pesquisa

__________________________________________________

- De 24 janeiro a 3 de fevereiro, quinta a domingo, às 20h

Montagem Fauna, do Grupo Quatrolocinco

“Ei, você me conhece? Posso me aproximar? Eu sou só um animal vivo”. Nesta peça-conversa, o grupo Quatroloscinco convida o público a explorar a dimensão política dos afetos. Corpos e discursos se misturam e se confundem para desconstruírem identidades pessoais e coletivas. Fauna rompe a narrativa tradicional e os limites entre palco e plateia, discutindo temas como violência, desejo, liberdade e desamparo.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h20

Ficha técnica:
Autores: Marcos Coletta e Assis Benevenuto
Diretores: Italo Laureano e Rejane Faria
Elenco: Marcos Coletta e Assis Benevenuto
Cenógrafo: Ed Andrade
Iluminador: Rodrigo Marçal
Trilha original: Barulhista
Realização: Grupo Quatrolocinco (Maria Mourão)

 

__________________________________________

- De 7 a 10 de fevereiro, quinta a domingo, às 20h

Espetáculo Roma, da diretora Raquel Pedras

Um casal sabe que a relação terminou, mas ainda não declarou o fim. Quando tomar a decisão? Criado a partir de relatos, experiências pessoais e fatos reais, essa é uma obra de ficção. Quando fica pesado, quando acordar é cinza, quando as forças acabam, quando não há onde se agarrar, quando nos tornamos estranhos, quando não é mais possível enxergar algo reconhecível, quando a distância ganha espaço, quando não sabemos o momento de desistir.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 14 anos
Duração: 40 minutos

Ficha técnica:
Autores: Raquel Pedras e Julio Vianna
Diretora: Raquel Pedras
Elenco: Carolina Correa
Cenógrafos: Daniel Correa e Mariana Falcão
Iluminador e técnico: Cristiano Diniz
Figurinista: Virginia Barros
Trilha original: Marcos Frederico
Foto: Irene Roé
Produtor: Carolina Correa

________________________________________________

- De 7 a 10 de fevereiro, quinta a domingo, às 20h

Montagem Engenho de Dentro, do Grupo Maria Cutia

Um homem confinado em um quarto relata suas histórias delirantes, aventuras fantásticas e desvarios. Sempre vigiado pelos olhares de seu perseguidor imaginário, que assume distintas formas e personalidades. Recluso em suas memórias alucinadas, ele nos convida a uma viagem delirante e poética ao universo da loucura.

Gênero: drama
Classificação indicativa: 14 anos
Duração: 1h20

Ficha técnica:
Dramaturgia: Eduardo Moreira
Diretores: Eduardo Moreira e Antônio Rodrigues
Elenco e cenografia: Leonardo Rocha
Iluminadores: Richard Zaira e Pedro Paulinho (CiaTecno)
Figurinista: Julia Panadès
Realização: Grupo Maria Cutia (Luisa Monteiro)

 

_________________________________________________

- De 7 a 10 de fevereiro, quinta a domingo, às 20h

Espetáculo Projeto Maravilhas, do diretor Cláudio Dias

Corpos que habitam a cidade, entre o medo e a violência, entre o amor e a sacanagem. Sonham o futuro com os olhos no presente — tempo este que os espreita e ameaça. É preciso estar atento e forte! A montagem faz um recorte contemporâneo da potência e fragilidade da homossexualidade nos espaços urbanos reais e imaginados.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h50

Ficha técnica:
Autor: Marcos Coletta
Diretor: Cláudio Dias
Elenco: Aisha Brunno, Bremmer Guimarães, Igor Leal e PH Pedrosa
Cenógrafos: Cláudio Dias e Thálita Motta
Iluminadora: Marina Arthuzzi
Figurinista: Thálita Motta
Foto: Raquel Carneiro
Realização: Bruno Lelis (Plataforma Beijo)
_____________________________________________________

- De 14 a 24 de fevereiro, quinta a sábado, às 18h30, e domingo, às 17h

Montagem Lama, do Grupo Teatro Andante

O espetáculo documentário foi inspirado no fatídico rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), no ano de 2015. De uma forma comovente, Lama mistura realidade e ficção para falar dessa história que não pode ser esquecida. Segundo os autores, as várias linguagens cênicas e os recursos audiovisuais presentes na montagem fazem de Lama uma obra inovadora e criativa, dinâmica e poética, que reflete sobre o maior desastre ambiental da história do Brasil, e um dos maiores do mundo.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 12 anos
Duração: 1h

Ficha técnica:
Autores: Guiomar de Grammont e Grupo Teatro Andante
Diretor: Marcelo Bones
Elenco: Ângela Mourão, Beto Militani e Bruna Sobreira
Cenógrafos: Marcelo Bones e Wesley Simões
Iluminadora e técnica: Marina Artuzzi
Realização: Grupo Teatro Andante
__________________________________________

- De 21 a 24 de fevereiro, quinta a sábado, às 18h30, e domingo, às 17h

Espetáculo Os Outros, da GUP! Produções

Um inferno onde todo sofrimento é imposto pelo outro, pela incapacidade que cada um tem de fugir ao olhar e aos julgamentos alheios. A morte é a objetivação final. Não há como mudar a história. Este é o mote da montagem Os Outros, baseada na obra Entre Quatro Paredes, de Jean Paul Sartre. Cada personagem vê no outro sua salvação. O poder de escolha de cada um é ao mesmo tempo uma liberdade e uma prisão, pois a escolha, apesar de flexível, é obrigatória.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: livre
Duração: 50 minutos

Ficha técnica:
Autor: Jean Paul Sartre
Diretor, figurinista e iluminador: Marcelo do Vale
Tradutor: Guilherme de Almeida
Adaptador: Gustavo Marquezini
Elenco: Diego Krisp, Fabiane Aguiar e Gustavo Marquezini
Realização: GUP! Produções
_________________________________________

- De 21 a 24 de fevereiro, quinta a domingo, às 20h

Montagem Espécie, da diretora Fernanda Branco

Espécie é um trabalho híbrido que caminha pelo teatro, performance e instalação. Uma experiência que usa a sexualidade como via de expressão artística, ampliando noções de vida e prazer para transcender categorias sociais de sexo e amor. O ator Igor Leal faz o convite ao público: “desejo para você, para nós, uma fúria criativa para continuarmos a devorar o mundo. E que o resto, seja amor!”, ressalta.

Gênero: contemporâneo
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 1h20

Autora: Ana Luisa Santos
Diretora: Fernanda Branco Polse
Codiretor: Benjamim Abras
Elenco: Igor Leal
Cenógrafos: Fernanda Branco Polse e Bruno Lelis
Iluminadores: Jésus Lataliza e Pedro Amparo
Figurinista: Ana Luisa Santos
Técnico: Marina Arthuzzi
Trilha original: GA Barulhista
Realização: Bruno Lelis (Plataforma Beijo)
________________________________________________
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

Local: Funarte MG
Rua Januária, 68 – Centro, Belo Horizonte (MG)
Telefone: (31) 3213 3084

 

Agenda Cultural

/Brasil

Campanha de Popularização Teatro & Dança. Além da capital, Belo Horizonte, o projeto vai circular por Betim, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves e Sete Lagoas
ANÚNCIO

Envie um email para clorindo@arteecultura.com.br

by Magix