Atividades Culturais

Natal Luz é vetor econômico da cidade de Gramado

Natal Luz é vetor econômico da cidade de Gramado

Natal Luz é vetor econômico da cidade de Gramado

 

 

De outubro a janeiro, Gramado, no Rio Grande do Sul, poderia ser confundida com a vila do Papai Noel. O Natal Luz, evento que chega à sua 33ª edição nesse ano, mobiliza toda a cidade e atrai milhões de turistas para a região. A cidade, que já tem clima semelhante ao europeu, se enfeita para acolher seus visitantes com o melhor de suas tradições, arte, culinária e hospitalidade.

Mas nem sempre foi assim. Antes do evento, Gramado ficava vazia durante o verão, já que os moradores se dirigiam para o litoral com o objetivo de aproveitar o período das férias. Foi quando um grupo de empresários, acostumados às festas natalinas da Europa e dos Estados Unidos, decidiu mudar essa tendência e criar um festival que pudesse trazer fluxo turístico para cidade na temporada de veraneio. Estava criado o Natal Luz.

Desde então, o evento se tornou o principal vetor econômico turístico e cultural de Gramado. Por temporada, mais de quatro mil empregos diretos são criados e para cada real investido pela organização, R$ 35 são gerados em retorno para o município. Próximo às datas comemorativas, a rede hoteleira chega a ter entre 95 e 99% de ocupação.

De acordo com Diego Scariot, gerente de eventos da Gramadotur, a dimensão atingida pelo evento se deve ao trabalho da comunidade. "Gramado é uma cidade serrana e ficou muito conhecida pela temporada de inverno. Hoje, isso mudou graças ao empenho da comunidade com o Natal Luz. Antes de começar o evento, os comerciantes e moradores enfeitam suas lojas e casas, a cidade inteira se prepara para receber os visitantes e celebrar as festas de fim de ano", destaca.

Programação gratuita

Entre os destaques da programação, está a famosa Parada de Natal, o Show de Acendimento de Luzes, a Árvore Cantante e a Trupe de Natal, que sai pela cidade encantando os espectadores com diversas intervenções artísticas. Neste ano, serão mais de 500 apresentações durante os 81 dias de duração do evento – de 25 de outubro a 13 de janeiro de 2019. E o melhor de tudo: grande parte dos espetáculos, cerca de 400, são gratuitos.

O patrocínio para as apresentações abertas ao público é obtido via Lei Rouanet. Nas últimas seis edições, os organizadores do evento conseguiram captar mais de R$ 21 milhões. "O patrocínio via Rouanet é essencial para manter a qualificação artística do Natal Luz. Como uma autarquia municipal, a Gramadotur só pode fazer contratações por meio de licitações em que vigora o menor preço, o que torna quase impossível a seleção artística, a curadoria das apresentações. Sem a Rouanet, que nos permite formatar os espetáculos e contratar artistas de expertise e grande qualificação técnica, não seria possível fazer o Natal Luz com tanta qualidade e profissionalismo", diz Adriana Martins, da AM Produções, que presta consultoria em gestão cultural para o evento.

Escola profissionalizante

A demanda por artistas de circo, atores e bailarinos para os espetáculos do Natal Luz e de outros eventos da cidade é tão grande que o município criou o Programa de Artes Pedro Henrique Benetti, cujo objetivo é formar artistas para suprir a demanda por esse tipo de profissional.

"Boa parte dos profissionais que trabalham nas apresentações são moradores da cidade que, na alta temporada, conseguem trabalhar nos espetáculos do Natal Luz e garantir renda extra para suas famílias", destaca Diego.

Mais informações sobre o Natal Luz podem ser acessadas na página do evento: www.natalluzdegramado.com.br

 

Agenda Cultural

RS/Porto Alegre

Natal Luz é vetor econômico da cidade de Gramado
ANÚNCIO

Envie um email para clorindo@arteecultura.com.br

by Magix