Atividades Culturais

O Nome da Morte. A humanização de um matador de aluguel, com quase 500 mortes nas costas

O Nome da Morte. A humanização de um matador de aluguel, com quase 500 mortes nas costas

 

O nome da Morte

 

Na noite da última terça-fera (31), o ator Marco Pigossi, a atriz Fabiula Nascimento lançaram o filme O Nome da Morte em shopping no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro e contaram com a presença dos atores Luiz Miranda e Vanessa Fontana, que foram prestigiar a produção na qual os colegas são protagonistas.            Fabíula Nascimento está em cena com a personagem Cacau, na novela Segundo Sol, da faixa das 21h, da Globo.       O filme dirigido por Henrique Goldman, conta a história de Júlio Santana é um pai de família, homem caridoso e um orgulho para os seus pais. No entanto, ele esconde outra identidade sob a fachada exemplar: ele é um assassino profissional responsável por 492 mortes. O filme já está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil.

Entre os tópicos da conversa estão a aceitação do público ao filme e a expectativa dos realizadores, a humanização de um matador de aluguel, com quase 500 mortes nas costas, e os momentos mais desafiadores da produção - tanto para o elenco quanto para o diretor.

 

Agenda Cultural

/Brasil

Abertura de exposições, show e estreia teatral marcam o final de semana na Funarte SP.

/Brasil

Benzinho. No filme ‘Benzinho’, Adriana Esteves vive vítima de violência doméstica.
ANÚNCIO

Envie um email para clorindo@arteecultura.com.br

by Magix