Atividades Culturais

Barreiras-Conflitos femininos de três gerações dão o tom no sensível "Barreiras"

Barreiras-Conflitos femininos de três gerações dão o tom no sensível "Barreiras"

Barreiras

Conflitos femininos de três gerações dão o tom no sensível "Barreiras"

Filme selecionado por Luxemburgo para tentar uma vaga no Oscar 2018 traz Isabelle Huppert e sua filha na vida real como mãe e filha com uma bagagem de mágoas e uma criança como catalisadora do passado e do futuro

Depois de dez anos vivendo na Suíça, Catherine ( Lolita Chammah ) retorna a Luxemburgo na expectativa de restabelecer sua relação com a filha Alba (Themis Pauwels) e a mãe Elizabeth ( Isabelle Huppert ), quem criou com reiterado rigor a neta durante esse exílio da filha. “Barreiras” é, portanto, um filme sobre o universo feminino, a maternidade e todos os seus conflitos inerentes.

 

 

Agenda Cultural

/Brasil

Edital de Doação de Equipamentos de Iluminação Cênica 2017 é publicado.
ANÚNCIO

Envie um email para clorindo@arteecultura.com.br

by Magix