Atividades Culturais

Teatro Infantil-Anita, a Menina e o Circo

Teatro Infantil-Anita, a Menina e o Circo

 

ANITA , A MENINA E O CIRCO

Serviço:

Anita, a Menina e o Circo – Texto: Dinho Valladares, Aline Bourseau e Rebeca Bourseau. Direção: Aline Bourseau e Dinho Valladares Elenco: Thais Constan, Daniel Stob, Kaio Chavez, Rafael Perrotta, Gabriela Leonardo e Victor Hugo.       Duração (80 min). Meninas resolve fugir de casa e seguir com o circo e descobre que o melhor lugar é com os pais e a trupe à ajuda a voltar.  Teatro Glauce Rocha. Av. Rio Branco, 179 - Centro, Rio de Janeiro - RJ - 25375204 sábados e domingos as 16hs. R$ 40. Livre.  De 07 de outubro a 26 de novembro.

Sinopse :

Numa cidade pacata do interior vive uma família formada por pelo pai, Sr. Bento, a mãe D. Mariquinhas, e seus 4 filhos: Pepê, Luca, Neco e Anita a mais nova da família, uma menina de 8 anos muito sonhadora que sonha em conhecer o mundo e a cidade. Anita entediada com a vida pacata que levava resolve fugir de casa. No caminho ela encontra uma trupe de circo que passa por dificuldades  e aventuras  e no meio dessa experiência mágica e de muita amizade, Anita acaba por ajudar os artistas do circo a fazerem o melhor espetáculo de todos os tempos. Assim o Circo consegue pagar suas dívidas e continuar seu espetáculo e Anita descobre os sentimentos dela, pois aquela trupe de circo é na verdade a sua família e assim ela percebe a felicidade que é estar com a sua família.

Release.:

Pensando no afeto que existe nas relações familiares e na importância da compreensão entre pais e filhos é que surgiu a história de Anita, uma história que aborda principalmente a superação e união entre todos em prol de um bem comum. Aos poucos os personagem mostram suas fraquezas e Anita vai se dando conta da sua importância dentro daquela “família” se deparando também com a sua força e alegria de viver seus sonhos e percebe que a sua realidade pode ser tão divertida quanto uma verdadeira trupe de circo.

O autor

Anita é a sexta peça infantil de Dinho Valladares, entre elas temos sucessos como A BAILARINA ROSA E O SOLDADINHO AZUL (indicada como uma das três melhores do Brasil do ano de 2007  pela Revista Crescer) e A FESTA NO CÉU (três anos em cartaz no Rio de Janeiro com casas lotadas). Dinho Valladares é Diretor Artístico da Cia. de Teatro Contemporâneo que tem em sua Sede um trabalho continuado em teatro infantil, sempre com o compromisso com a qualidade e a contemporaneidade.  Como formação tem Pós-Graduação em Teatro Musicado-Arthur Azevedo, e Mestrado em Teatro todos dois pela UNIRIO. Como Diretor montou mais de 30 peças e também a Cia de Teatro Contemporâneo, a qual dirige até hoje. Como autor já escreveu 15 peças sendo que 13 já foram a cena. Como ator participou de mais de trinta peças entre as quais se destacam “Jango, uma Tragédya”, de Glauber Rocha e “Uma Rosa para Hitler” de Roberto Vignati com Francisco Milani e Rubens de Falco. Como professor de teatro já deu aula no O Tablado, na Universidade Federal Fluminense (curso de Produção Cultural), além de lecionar pelo décimo ano seguido dentro de um núcleo da Cia. de Teatro Contemporâneo. É também o Coordenador dos cursos dentro da Sede da Cia. Já administrou o Mercado São José das Artes, além de ser um dos organizadores na internet do Fórum Virtual de Teatro Brasileiro.

 

A Cia.

A Companhia de Teatro Contemporâneo busca através de suas montagens discutir a realidade atual, seus problemas e virtudes, visando transformá-la e contribuir para um mundo melhor.

Começou a desenvolver seus trabalhos com a adaptação de "Adorável Hamlet" que teve sua estréia no Teatro Nelson Rodrigues. Para dar continuidade ao projeto “Shakesperiano” realizou também: "Adoráveis Romeu e Julieta" e "Adorável Ricardo III".

Em abril de 2004 comprou e reformou um casarão localizado na Rua Conde de Irajá, nº 253, em Botafogo, para ser a Sede da Cia, onde funcionam dois teatros e acontecem aulas de teatro, canto e demais atividades artísticas.

Desde então passou a montar textos de consagrados autores nacionais como: “Boca de Ouro” de Nelson Rodrigues, em 2004, “ Auto da Compadecida” de Ariano Suassuna, em 2006 entre outras. Agora estréia “Ópera do Malandro” de Chico Buarque.

Em 2009, recebeu da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o titulo de UTILIDADE PÚBLICA, que reconheceu os trabalhos da Cia. de Teatro Contemporâneo para o desenvolvimento cultural da cidade do Rio de Janeiro.

Agenda Cultural

RJ/Rio de Janeiro

Museu Imperial tem programação especial no Mês das Crianças. Todas as atividades são gratuitas

SP/Sao Paulo

Pianista Murilo Emerenciano apresenta-se na Sala Guiomar Novaes. O intérprete toca obras de Schubert, Scriabin, Beethoven, Liszt, Francisco Mignone e Chopin

/Brasil

Inscrições abertas para o 8º FICUNAM, na Cidade do México. Evento aceita inscrições até o dia 27 de outubro
ANÚNCIO

Envie um email para clorindo@arteecultura.com.br

by Magix